Turismo LGBT e sugestões de viagens incríveis

Estou muito orgulhoso e feliz pelo convite feito pelo Rafael para escrever uma coluna sobre Turismo LGBT e as suas diferentes ofertas pelo mundo. Minha intenção será manter, todos os meses, quatro sugestões de destinos, hotéis, excursões de membros da IGLTA e novidades do mercado de forma geral, tudo para facilitar suas escolhas de viagens e para você conhecer locais diferentes e que são friendly conosco.

Eu comecei no turismo em 1979, no Rio de Janeiro, período de força total dos turistas estrangeiros na nossa linda cidade. E, em 1997, já morando e trabalhando em Fortaleza soube do Congresso da IGLTA (Associação Internacional de Turismo LGBT) que aconteceu na Filadélfia (EUA) e lá fui eu cheio de curiosidade sobre o lado “profissional” do segmento. Foi realmente excelente, fui super bem recebido. O primeiro brasileiro, primeiro latino, a participar ativamente do Turismo LGBT Mundial. No mesmo ano, trouxemos ao Rio dois diretores da IGLTA que fizeram o primeiro seminário sobre Turismo LGBT no Brasil. E na Convenção, em 1998, na cidade de Montreal, concorri e fui eleito ao cargo de “Board Director” (Diretor Membro), um serviço voluntário para manter a associação ativa pelo mundo.

Rio de Janeiro é destaque no turismo LGBT mundial e já foi a capital gay da América Latina

Rio de Janeiro foi o cenário para a primeira reunião mundial da IGLTA, em 1998 – chamada de simpósio, não de convenção. Uma maneira de a associação levar seus membros a conhecer novos destinos. Até hoje é dito que foi o melhor simpósio feito. Depois fui o Embaixador da IGLTA no Brasil por muitos anos. E participei ativamente na realização da Convenção Mundial da IGLTA em Florianópolis, em 2012, a primeira a ser realizada na América Latina.

Eu sempre gostei de viajar, mesmo a trabalho. E, como gay, sempre aproveitei para aumentar meus conhecimentos do destino gay destas cidades. Assim, posso dizer que sempre me atualizei nos destinos e lugares maravilhosos que recebem bem os turistas LGBT, mas também alguns destinos que, agora, não aconselhamos a ir, ou viajar tendo os cuidados e o respeito por suas culturas: São Petersburgo, na Rússia, Cairo, no Egito, e Dubai, nos Emirados Árabes. Sinceramente, foram viagens maravilhosas em todos os sentidos, são cidades cheias de história e cultura. Saber se comportar segundo os costumes locais é básico para qualquer turista.

Hoje em dia, sou o Coordenador da IGLTA para o Turismo LGBT no Brasil, minha principal função é unir as diversas empresas envolvidas no turismo para que possam, em conjunto, oferecer ao turista LGBT uma viagem segura e feliz. E, agora, chega de apresentação e vamos ao que interessa: VIAGENS LGBT, divertidas, seguras, culturais ou festivas.

 

Turismo LGBT e sugestões de viagens incríveis

 

Viagem na história em Israel

Jerusalém é um dos principais destinos turísticos de Israel, mas a principal cidade para o turismo LGBT é Tel Aviv

Jerusalém é um dos principais destinos turísticos de Israel, mas a principal cidade para o turismo LGBT é Tel Aviv

Quero começar por Israel, como minha primeira sugestão de viagem. Parece longe, mas é tão marcante como cultura e história que você voltará renovado pois é uma junção incrível de cultura e cidades centenárias. Estive três vezes e sempre muito bem recebido. Em Tel Aviv, encontramos o lado bem moderno de Israel, uma cidade cosmopolita, com bares e discos gays, movimento forte da comunidade LGBT local, que nos surpreende com a liberdade conquistada. Se vê muitos casais de gays e lésbicas com seus filhos. A parte antiga da cidade, Jafa, é para você deixar um dia inteiro, com galerias de arte, cidade em pedra, belíssima. Aproveite para curtir as feiras e também a gastronomia local com seus kebabs maravilhosos. Como toque, sugiro você procurar ir à época da Parada do Orgulho LGBT de Tel Aviv, que em 2017, acontecerá em 9 de junho. Assim, separe alguns dias para visitar o circuito histórico com Jerusalém, Mar Morto, Belem, Massada e outros atrativos seculares. É uma viagem com vários “sabores”, cheiros, cores e a sensação de “bem-vindo”.

 

África gay-friendly

A Cidade do Cabo (Cape Town) se destaca no turismo LGBT da África do Sul - Foto: Rhino Africa

A Cidade do Cabo (Cape Town) se destaca no turismo LGBT da África do Sul – Foto: Rhino Africa

Saindo do Oriente Médio, mas sem se afastar muito, vamos para a mãe dos continentes e da raça humana: África! E nada melhor do que a mega friendly Cape Town, onde, inclusive, realizamos a convenção da IGLTA de 2016, com muita emoção, pois foi a primeira vez em solo africano. Muito significativo! A Cidade do Cabo, na África do Sul, está orgulhosa com sua posição entre os cinco melhores destinos para viajantes gays europeus e americanos (como destino de longa distância). Na bela “Cidade Mãe”, há uma série de festivais e eventos LGBT de renome mundial acontecendo ao longo do ano, como o “Pink Loerie Mardi Gras”. Uma ótima sugestão é pegar o MapMyWay Pink Map para um guia completo de Cape Town com as ofertas gay-friendly de melhor hotel ou alojamento, restaurantes, pubs, clubes, entretenimento, lojas e muito mais.

 

Turismo de balada gay na Bahia

Salvador está entre os destinos de destaque no turismo LGBT em 2017

Salvador está entre os destinos de destaque no turismo LGBT em 2017

Já que estamos falando do país mãe, vamos à nossa pulsação da Bahia e em especial de Salvador, terra dos orixás que trazem a magia em viagens pelas terras na Baía de Todos os Santos. E como Bahia respira festa, cor, alegria, energia, temos que falar do nosso melhor exemplo de turismo de balada, ou balada com turismo, criado há 10 anos. O sucesso é absoluto, é recomendado com toda a força. Chama-se Hell and Heaven. São 4 dias de festas com DJs famosos no Brasil e no mundo, no Vila Galé Marés, um dos resorts mais bonitos do país, com praia praticamente exclusiva, próximo ao aeroporto de Salvador. Marque em sua agenda, a H&H Bahia 2017 acontecerá de 2 a 5 de novembro.

 

Carnaval gay no Rio de Janeiro

Rio de Janeiro é destaque no turismo LGBT mundial e já foi a capital gay da América Latina

Rio de Janeiro é destaque no turismo LGBT mundial e já foi a capital gay da América Latina

E se queremos deixar para trás 2016 e pensar em muita alegria para nossas vidas, vamos à nossa cidade cheia de charme, garota de todas as praias, onde a comunidade LGBT desde os anos 70 coloca suas bandeiras na Farme de Amoedo e em frente ao Copacabana Palace. Ver as cores do rainbow é sinal de que ali está bom! Ali sou “bem-vindo”! E se somam a milhares de brasileiros, estrangeiros e cariocas que vão à massa para os Carnavais de Rua onde todos são muito bem vindos, se fantasiado, melhor ainda. Nossa Banda de Ipanema, ouvir aquele som na praia, com milhares de pessoas se divertindo, sendo quem são ou quem gostariam de ser, não importa. Assim, a dica é Carnaval no Rio, anote em sua agenda e chame os amigos. De 24 a 28 de fevereiro 2017, sua viagem é para o destino gay-friendlyRio de Janeiro.

Rio de Janeiro é destaque no turismo LGBT mundial e já foi a capital gay da América Latina

 

É assim que todas as viagens de turistas pelo mundo devem ser: seguras e protegidas pelos “anjos do turista”, estes profissionais de hotelaria, companhias aérea, terrestre ou fluvial/marítima, guias, motoristas, massagistas e garçons, que precisam se capacitar, cada vez mais, para atender bem a todos nós. Independente de qualquer “tribo”, raça, cor ou religião.

 

>> Acompanhe o Viaja Bi!: Instagram, YouTube, Snap (👻rafaleick 👻viajabi), Facebook e Twitter.

Hospedagem | Seguro Viagem | Câmbio | Aluguel de carro

Compartilhe:
Tags:

Sobre Clovis Casemiro

Clovis Casemiro

Clovis Casemiro é colunista do Viaja Bi!. Coordenador - Brasil da IGLTA - International Gay & Lesbian Travel Association (Associação Internacional de Turismo LGBT). A posição foi criada para encorajar um maior envolvimento entre as empresas de turismo, que recebem e operam os turistas LGBT no Brasil - um dos maiores mercados para o segmento na América do Sul e para todos os associados globais da IGLTA. Todos os posts do Clovis.

  • Website
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Email

Comentar

Use a caixa de comentários para tirar dúvidas, assim você ajuda outros viajantes a lacrar pelo mundo. Sugestões, críticas construtivas e elogios também são bem-vindos. Os campos marcados são obrigatórios.*