1 de Janeiro de 2018

Valle Nevado no verão, boa pedida para os aventureiros

Vocês já sabem que no meio desse ano, fui esquiar pela primeira vez no Chile, durante a temporada de inverno do Valle Nevado. Esse é o cenário mais característico desse resort de esqui que é um destino por si só. A neve acabou em outubro, os hotéis Valle Nevado, Puerta del Sol e Tres Puntas, que ficam no complexo, já fecharam, mas a boa notícia é que dá pra conhecer de perto a Cordilheira dos Andes e o Valle Nevado no verão.

Valle Nevado no verão: É possível fazer trekking e passeio no teleférico combinados - Foto: Divulgação

Valle Nevado no verão: É possível fazer trekking e passeio no teleférico combinados – Foto: Divulgação

Aí você pergunta “Rafa, perae! Eu vou num lugar chamado Valle Nevado pra não ver neve?”. Sim, amore! Abra sua mente! 😛 Se você estiver em Santiago no inverno (mais ou menos de junho a setembro), claro que vai ver neve, mas isso não significa que você não pode sentir de perto a magia dos Andes, a mais de 3.000m de altitude se estiver por lá durante a temporada de verão.

 

❄️ Guia do Valle Nevado

 

Valle Nevado no verão

“Tá, legal, então me conta o que tem pra fazer no Valle Nevado no verão que tô curioso”. Êta, segura a bacurinha, bi! Eles oferecem alguns passeios e combos. Vou dar uma explicada em cada um deles, anota aí:

Valle Nevado no verão: É possível fazer trekking e passeio no teleférico combinados – Foto: Divulgação

Passeio de teleférico

Andar nesses teleféricos é bafo! Eu andei em alguns por lá e eles oferecem uma vista espetacular da Cordilheira dos Andes. O passeio oferece subidas ilimitadas no dia e você pode fazer sozinho ou com uma bike, caso queira se aventurar para descer a montanha de forma mais radical. Nesse caso, você assina um termo de responsabilidade, claro, e tem que estar usando capacete. Cada trecho do passeio (subida e descida) dura cerca de 20 minutos, percorrendo 4.600m e chegando a 3.300m de altitude. Lacre certo!
Horário: 10h às 17h, com a última subida às 16h15, até 30 de abril de 2018 (data sujeita às condições do tempo e de segurança da montanha)

Combo Teleférico + Especialidade a lo pobre

“Lomo a lo pobre” é um prato típico chileno de lombo servido com cebola cozida, ovo frito e batata frita. Você pode também trocar o lombo por salmão. Agora imagine comer o prato típico do Chile no topo da cadeia montanhosa típica da região. O almoço é feito no restaurante Valle Lounge ou no francês La Fourchette, dependendo da disponibilidade no dia que você for. O combo, além da refeição, inclui refri ou água e a experiência do teleférico que comentei no item anterior. Acho justo.
Horário: 11h30 às 16h

Valle Nevado no verão: É possível fazer trekking e passeio no teleférico combinados – Foto: Divulgação

Combo Teleférico + Hambúrguer do Valle

Essa opção é quase igual à de cima, com o passeio no teleférico e um rango acompanhado de refri ou água nos mesmos restaurantes. Mas, ao invés de um prato típico, você pode mandar ver em um hamburgão delícia chamado Hambúrguer do Valle, que vem com hambúrguer, tomate, alface, queijo, anéis de cebola e fatias de bacon assado.
Horário: 11h30 às 16h

Dá pra fazer cavalgadas no Valle Nevado no verão - Foto: Divulgação

Dá pra fazer cavalgadas no Valle Nevado no verão – Foto: Divulgação

Cavalgadas

Você quer cavalgar, @? 😛 Deixando a mente suja de lado, essa é uma opção para as bis que querem um contato mais próximo com a natureza, percorrendo as lindas paisagens da Cordilheira a cavalo, em um passeio de 2h que sai da plataforma dos hotéis, passa pelo pico do Mirador e termina na reserva Ballicas. Mas para cavalgar, só se for grupal! 😏 O mínimo pro passeio rolar é de 6 pessoas e a reserva tem que ser feita com antecedência de pelo menos 48h. O passeio inclui guia e como o percurso é todo aberto, está sujeito às condições do tempo e de segurança na montanha, porque ninguém quer virar purpurina por lá, néam?

Combo teleférico + trekking

As bis aventureiras piram! Porque esse pacote também inclui um passeio no teleférico e, a partir do Pico Mirador, sai uma caminhada por um circuito de 2h com guia e vistas belíssimas até a lagoa Piuquenes. De lá, normalmente, dá pra avistar o condor andino, a maior ave de rapina do mundo, em seu habitat natural. Digo “normalmente” porque natureza é natureza, né? Nunca se sabe. Fui ao Cânion de Colca, no Peru e mesmo sendo quase impossível não ver condores por lá, vi somente um e de muito longe. Mas é impressionante. O bicho tem 3m de uma ponta da asa até a outra! Enfim, para esse passeio, também tem que reservar com 48h de antecedência, ter um mínimo de 6 pessoas e estar sujeito às condições do tempo e do terreno.

Valle Nevado no verão: É possível fazer trekking e passeio no teleférico combinados - Foto: Divulgação

Valle Nevado no verão: É possível fazer trekking e passeio no teleférico combinados – Foto: Divulgação

As atividades que não necessitam de reserva prévia podem ser adquiridas na Valle Nevado Store, que fica na área dos hotéis da estação de esqui. Para preços, dúvidas ou informações das atividades do Valle Nevado no verão, você pode falar diretamente com seu agente de viagens ou entrar em contato diretamente pelos e-mails apereira@vallenevado.com (Analine Pereira) ou cretamal@vallenevado.com (Constanza Retamal).

 

>> Acompanhe o Viaja Bi!: InstagramYouTubeFacebook e Twitter.

Hospedagem | Seguro Viagem | Câmbio | Aluguel de carro

Compartilhe:
Tags:

Sobre Rafael Leick

Rafael Leick

É o idealizador do Viaja Bi!, Viagem Primata e ExploraSampa e o Diretor de Turismo da Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil. Escreve sobre viagem e turismo desde 2009. Comunicólogo, publicitário, blogueiro e palestrante internacional, morou em Londres e em São Paulo e já conheceu 23 países. É pai do Lupin, o Golden Retriever mais lindo. Todos os posts do Rafael.

  • Website
  • Google+
  • Pinterest
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Email

Comentar

Use a caixa de comentários para tirar dúvidas, assim você ajuda outros viajantes a lacrar pelo mundo. Sugestões, críticas construtivas e elogios também são bem-vindos. Os campos marcados são obrigatórios.*