16 de março de 2017

Trilha do Mirante do Caeté, no Rio de Janeiro

Olá! Estamos de volta para explorar uma nova aventura com trilha e mirante pouco conhecidos pelos cariocas e turistas: a Trilha do Mirante do Caeté. Esse pedacinho de paraíso fica um pouco distante do centro, no litoral da zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, que é cercado pelas praias do Recreio dos Bandeirantes, Macumba, Grumari, Do Secreto e Prainha (sim, são muitas praias!).

A vista do Mirante do Caeté, no Rio de Janeiro, faz o mar ser mais incrível (e convidativo) - Foto: Jeff Slaid

A vista do Mirante do Caeté, no Rio de Janeiro, faz o mar ser mais incrível (e convidativo) – Foto: Jeff Slaid

E você, bi, deve ter percebido que aqui na minha coluna está virando um hábito fazer trilha ecológica e no final ter uma praia para relaxar? Dessa vez não será diferente! Pronta para arrasar close certo?

A trilha de hoje não exige muito dxs nossxs #BiAventureirxs e é relativamente fácil e bem sinalizada, qualquer pessoa pode fazer!

OK! Vamos aventurar!

 

A Trilha Mirante do Caeté

A trilha do Mirante do Caeté começa no Parque Natural Municipal da Prainha. A entrada do parque fica localizada próxima ao estacionamento em frente à praia e o espaço conta um centro de visitantes, banheiros, chuveiros e bebedouros que são bastante utilizados pelos surfistas e banhistas vindos da praia.

Entrada do Parque Nacional da Prainha e da trilha do Mirante do Caeté - Foto: Jeff Slaid

Entrada do Parque Nacional da Prainha e da trilha do Mirante do Caeté – Foto: Jeff Slaid

E dentro do parque há algumas placas sinalizando o acesso para o Mirante do Caeté, que é feito de forma circular.

O interessante disso é que podemos começar por um lado e retornar pelo outro, deixando a caminhada diferente.

A trilha para o Mirante do Caeté é bem sinalizada com placas - Foto: Jeff Slaid

A trilha para o Mirante do Caeté é bem sinalizada com placas – Foto: Jeff Slaid

Começamos a trilha pelo lado esquerdo, com degraus e pedaços de madeiras facilitando a subida e caminhando em ziguezague até chegar a uma bifurcação com uma placa que nos informa mais detalhes da região. É só subir adiante para chegar ao Mirante do Caeté!

Placas indicam que estamos no caminho certo até o Mirante do Caeté - Foto: Jeff Slaid

Placas indicam que estamos no caminho certo até o Mirante do Caeté – Foto: Jeff Slaid

Logo adiante, somos presenteados com uma vista linda da Prainha fazendo combinação perfeita da montanha com o mar! ❤️️

A Prainha vista da trilha até o Mirante do Caeté - Foto: Jeff Slaid

A Prainha vista da trilha até o Mirante do Caeté – Foto: Jeff Slaid

E, finalmente, chegaremos a um pequeno deque de madeira onde é possível visualizar toda a orla do Recreio com a Praia da Macumba, Praia do Secreto e a linda Pedra do Pontal.

E para ter o melhor ângulo do Mirante, chegue à pedra grande que fica ao lado do deque e brinque com várias fotos para arrasar nas suas redes sociais!

Chegando para tirar fotos no deck do Mirante do Caeté - Foto: Jeff Slaid

Chegando para tirar fotos no deque do Mirante do Caeté – Foto: Jeff Slaid

E para os aventureiros mais corajosos, vale descer um pouco, através do deque, pela mata fechada, onde tem uma outra pedra grande, bem mais abaixo, um pouco complicado de chegar devido à mata fechada e o risco de ser bem inclinada a pedra, mas nos garante uma posição privilegiada e exclusividade para apreciar a vista e arrasar nas novas fotos!

 

 

Descansando no Mirante do Caeté, depois da trilha Foto: Jeff Slaid

Descansando no Mirante do Caeté, depois da trilha Foto: Jeff Slaid

E, pra encerrar a aventura em grande estilo, o esquema é retornar até o início do parque e atravessar a rua para dar aquele mergulho e relaxar na praia da Prainha!

Foto da entrada da Prainha, depois da trilha do Mirante do Caeté - Foto: Jeff Slaid

Foto da entrada da Prainha, depois da trilha do Mirante do Caeté – Foto: Jeff Slaid

Arrasa, bi !

 

Como chegar ao Mirante do Caeté

 

Carro

Caso opte por ir de carro, vá bem cedo para conseguir estacionar, pois há poucas (e super disputadas) vagas. O acesso ao parque é pela Av. Estado da Guanabara, nº 58. Ela começa na Estrada do Pontal, na altura da Estrada Ver. Alceu de Carvalho.

Metrô + BRT

Pegar a linha 4 do metrô, descer na estação Jardim Oceânico, pegar o BRT e descer na estação Recreio Shopping. Logo adiante, pegar um moto-táxi ou Uber para ser mais barata a viagem.

Ônibus

Por ser uma área de proteção ambiental, (in)felizmente, não existe linhas de ônibus públicos que te deixem próximo ao parque. Você terá que pegar alguma condução que te deixe na altura do posto 12 (Orla do Recreio dos Bandeirantes) – final da Av. Lúcio Costa e de lá andar até a Prainha, uns 20 a 30min e seguir contornando por toda a praia durante o caminho. Opções de ônibus: 315, 316, 360, 2333.

SurfBus

É um ônibus que leva surfistas e turistas para a Prainha. Ele sai do Largo do Machado em quatros horários fixos: 7h, 10h, 13h, e 16h. Valor R$ 10. É uma boa opção para conhecer vários lugares da cidade durante o trajeto. É possível pegar o ônibus em qualquer parte ou esquina do trajeto, mas tem que ligar e combinar antes com o atendente. Para maiores informações, ligue para o escritório (21) 3546-1860 ou entre no site.
Nota: Devido a mudança de patrocinador, Surfbus disponível a partir da 2ª quinzena de março.

Uber / Taxi

Avenida Estado da Guanabara, 58 – Recreio dos Bandeirantes

Fazendo a bonita no Mirante do Caeté, no Rio de Janeiro - Foto: Jeff Slaid

Fazendo a bonita no Mirante do Caeté, no Rio de Janeiro – Foto: Jeff Slaid

 

Informações importantes pra curtir o Mirante do Caeté

  • A trilha Mirante do Caeté tem 2,5km de extensão e altitude máxima de 150m;
  • Duração aproximada de 35min;
  • O acesso ao parque é gratuito e funciona de terça a domingo, das 8h às 17h;
  • O “estacionamento” fica fora do parque e é cobrada uma taxa pelos flanelinhas, chegue cedo pois há poucas vagas, que rapidamente esgotam;
  • Cuidado ao estacionar o carro fora da área de estacionamento, pode acarretar multa ou ser rebocado;
  • O parque dispõe de um Centro de Visitantes com algumas exposições;
  • Use roupas leves e calçados adequados, arrase no estilo!

 

>> Acompanhe o Viaja Bi!: Instagram, YouTube, Snap (👻rafaleick 👻viajabi), Facebook e Twitter.

Hospedagem | Seguro Viagem | Câmbio | Aluguel de carro

Compartilhe:
Tags:

Sobre Jeff Slaid

Jeff Slaid

Jeff Slaid é colunista do Viaja Bi!. Carioca, passou dos 30 anos, é Analista de Recursos Humanos por profissão e apaixonado por descobrir novos lugares e pessoas. Amante de trilhas e esportes radicais, tem o desejo de sempre explorar novas aventuras e compartilhar suas experiências. Todos os posts do Jeff.

  • Instagram
  • Email

Comentar

Use a caixa de comentários para tirar dúvidas, assim você ajuda outros viajantes a lacrar pelo mundo. Sugestões, críticas construtivas e elogios também são bem-vindos. Os campos marcados são obrigatórios.*