27 de janeiro de 2015

Os 20 países mais homofóbicos do mundo

Conhece os países mais homofóbicos do mundo?

É, amiguinhos, infelizmente nem todo lugar vale a pena visitar. Parafraseando uma brincadeira do meu chefe, “o mundo não é esse mar de rosas que você pensa não”. O pior é que, nesse caso, ele tem razão!

ILGA_Map_2014_ENG

Em pleno século XXI, ainda há alguns países que consideram crime ser gay. Outros simplesmente não nos consideram bem-vindos (PS: ainda me recuso a usar a nova ortografia “benvindos”).

É muito triste ver que países com uma cultura tão rica, ainda estejam tão atrasados em relação a isso. Na pesquisa pra achar fotos desses países mais homofóbicos, li várias histórias incríveis dos blogueiros citados e que me deram vontade de conhecer alguns desses locais. Aliás, recomendo que você entre em todos os links (nas fotos) e leia os relatos de todos eles.

Mas, já que a gente sofre boicote por lá, estarei deliberadamente boicotando minha ida a esses países também. Obviamente, não é todo o povo então, por favor, não saiam apedrejando qualquer nigeriano, egípcio ou até mesmo afegão que encontrar por aí. Apesar de serem maioria, nem todos nesses países mais homofóbicos pensam da mesma maneira.

Como queremos você bem (e vivo) para continuar lendo sempre o Viaja Bi!, listamos pra vocês os 20 países mais homofóbicos do mundo, os principais destinos que você deve evitar (ou pensar 47 vezes antes de ir). Vamos a eles?

Confira também: 7 Dicas de Destinos Gay Friendly no Mundo

 

Os 20 países mais homofóbicos do mundo

1. Rússia

Países mais homofóbicos do mundo: Moscou, Rússia - Foto: Natália Gastão / Ziga da Zuca - zigadazuca.com.br

Moscou, Rússia – Foto: Natália Gastão / Ziga da Zuca – zigadazuca.com.br

Por mais que você morra de vontade de conhecer aquela terra gelada, como eu, talvez esse não seja o melhor momento pra visitar o país, pois você realmente pode morrer (e não de vontade). O governo do Putin(ha) apoia e incentiva a homofobia e isso gerou um baita buxixo nos jogos de inverno de Sochi, quando eles disseram que atletas homossexuais não eram bem-vindos no país e que dar as mãos em público (oi?), beijar em público (oi??) ou qualquer outra propaganda homossexual (oi??????) era crime por lá. E não seriam tolerados. Sim, existe essa “Lei da Propaganda”, acredita? Então, fofis, segura o tchan aí e adia sua visita à Praça Vermelha. Pode ser linda, mas sua vida e sua liberdade de ser quem você é valem mais!

 

2. Irã

Países mais homofóbicos do mundo: Esfahan, Irã - Foto: Gabriel Prehn Britto / Gabriel Quer Viajar - gabrielquerviajar.com.br

Esfahan, Irã – Foto: Gabriel Prehn Britto / Gabriel Quer Viajar – gabrielquerviajar.com.br

Um país com uma cultura incrivelmente interessante, mas que ainda não é um território dos mais amigáveis pros purpurinados. Se você resolver bater cabelo por lá, capaz de sua cabeça ser arrancada e você não vai nem saber como. Eu, hein! Recomendo evitar, afinal ser gay é punível com pena de morte. E isso coloca o Irã entre os países mais homofóbicos do mundo.

 

3. Moldávia

Países mais homofóbicos do mundo: Chisinau, Moldávia - Foto: João Leitão / João Leitão Viagens - joaoleitao.com

Chisinau, Moldávia – Foto: João Leitão / João Leitão Viagens – joaoleitao.com

Tá, você nunca nem deve ter ouvido falar desse país, mas é na Europa (ali entre a Romênia e a Ucrânia) e declarou sua independência da União Soviética em 1991. Apesar de não ter legislação específica sobre o assunto, já soube de história de gays que resolveram migrar pra outros países europeus porque a homofobia lá é mais intensa, então eu consideraria riscar ele da sua lista de países pra conhecer… se é que ele estava lá! 😉

 

4. Arábia Saudita

Países mais homofóbicos do mundo: Uyun al Jawa, Arábia Saudita - Foto: Debora Garcia / Revista de Viagem - revistadeviagem.net

Uyun al Jawa, Arábia Saudita – Foto: Debora Garcia / Revista de Viagem – revistadeviagem.net

Conhecer as maravilhas da Arábias pode ser sensacional. Se você não for gay. Enfim, a homossexualidade lá também é tratada como crime passível de pena de morte. É, meu bem, não vai ser nessa vida que você vai conhecer o seu sheik. A não ser que ele não more lá ou em um desses países mais homofóbicos, aí você arrasa no harém.

 

5. Nigéria

Países mais homofóbicos do mundo: Port Harcourt, Nigéria - Foto: JMLaurent / Vida de Turista - vidadeturista.com

Port Harcourt, Nigéria – Foto: JMLaurent / Vida de Turista – vidadeturista.com

Vários países africanos tem sérios problemas com homossexualidade. Na Nigéria, se você não for condenado à pena de morte, pode ganhar um encarceramento (isso, prisão, gat@!) de 14 anos até a vida toda. Vários outros países do continente seguem essa mesma linha de pensamento. Existem algumas exceções como a África do Sul, que reconhece o casamento entre pessoas do mesmo sexo e tem leis que protegem contra a homofobia. Moçambique ainda não é tão liberal, mas caminha pra ser, revogando na nova constituição dois artigos que poderiam ser usados pra incriminar pessoas do mesmo sexo e tem também uma lei desde 2007 que protege os gays contra discriminação no ambiente de trabalho.

 

6. Sudão

Países mais homofóbicos do mundo: Juba, Sudão do Sul - Foto: João Leitão / João Leitão Viagens - joaoleitao.com

Juba, Sudão do Sul – Foto: João Leitão / João Leitão Viagens – joaoleitao.com

O principal pra você saber sobre o Sudão é que é um país africano que pune sua “gayzice” com pena de morte, bi. Passe longe! No vizinho de baixo, Sudão do Sul, a situação não muito melhor, rola prisão.

 

7. Mauritânia

Países mais homofóbicos do mundo: Nouakchott, Mauritânia - Foto: Gonçalo B. / África do meu coração - africadomeucoracao.blogspot.com.br

Nouakchott, Mauritânia – Foto: Gonçalo B. / África do meu coração – africadomeucoracao.blogspot.com.br

Mais um país africano que você nem conhecia, mas te odeia por quem você é.
Continue sem conhecer, eu aconselho. 😉

 

8. Somália

Países mais homofóbicos do mundo: Hargeisa, Somália - Foto: Guilherme Canever / Saíporaí - saiporai.com

Hargeisa, Somália – Foto: Guilherme Canever / Saíporaí – saiporai.com

Assim como seu “brother” africano Nigéria, parte da Somália nos condena à pena de morte e a outra parte a prisão que vai de 14 anos a perpétua. Se quiser ir, vá sem passagem de volta, bi, que você pode acabar seus dias por lá mesmo.

 

9. Iêmen

Países mais homofóbicos do mundo: Ditwah , Iêmen - Foto: Guilherme Canever / Saíporaí - saiporai.com

Ditwah , Iêmen – Foto: Guilherme Canever / Saíporaí – saiporai.com

Apesar da sonoridade, não tem nada a ver com o que sai do seu peru, meu amigo. O vizinho da Arábia Saudita também não tem tolerância e se der pinta por lá, você pode ficar sem o pinto. Na real, pode ser pior, porque lá também tem pena de morte. Guarda seu Iêmen pra gastar em outros lugares.

 

10. Egito

Países mais homofóbicos do mundo: Cairo, Egito - Foto: Gleiber Rodrigues / Andarilhos do Mundo - andarilhosdomundo.com.br

Cairo, Egito – Foto: Gleiber Rodrigues / Andarilhos do Mundo – andarilhosdomundo.com.br

Fique em alerta pra ver as pirâmides, o deserto, os camelos e as maravilhas egípcias. Não tem uma lei tão complicada como em vários outros que já citei ou alguma que seja especificamente homofóbica, mas a lei pode ser interpretada com esse fim tranquilinho e o povo lá não gosta muito da ideia não, então esse tá liberado de ir, mas se joga com moderação. Se der B.O., já sabe de cor, faz a egípcia! 😉

 

11. Líbia

Países mais homofóbicos do mundo: Awbari, Líbia - Foto: Bousure / Flickr (CC BY-NC-ND 2.0)

Awbari, Líbia – Foto: Bousure / Flickr (CC BY-NC-ND 2.0)

Já que são vizinhos, porque não ser parecido, né? Assim como no Egito, a lei pode ser interpretada pra você se fu… e nem é no bom sentido! Por conta da guerra civil, recebe cerca de 34 mil turistas por ano e é o 15º país menos visitado do mundo, segundo o blog Gabriel Quer Viajar, que ainda inclui a Somália como 2º menos visitado. Então vá rolar na areia do deserto com seu boy só se você tiver muita certeza que não tem ninguém olhando, porque a Líbia está entre os países mais homofóbicos. Melhor não arriscar.

 

12. Iraque

Países mais homofóbicos do mundo: Aqrah, Iraque - Foto: João Leitão / João Leitão Viagens - joaoleitao.com

Aqrah, Iraque – Foto: João Leitão / João Leitão Viagens – joaoleitao.com

Aí você me pergunta: mas porque raios eu iria querer ir pro Iraque? Cara, vai saber, né? Tenho um colega que tem vontade de ir pro Afeganistão… Sério! No Iraque, você pode sofrer perseguição de grupos não ligados ao governo, mas que querem ligar sua cara ao asfalto. Se não quer ir pra lá, continue assim, campeão! \o/

 

13. Afeganistão

Países mais homofóbicos do mundo: Mazar-i-Sharif, Afeganistão - Foto: João Leitão / João Leitão Viagens - joaoleitao.com

Mazar-i-Sharif, Afeganistão – Foto: João Leitão / João Leitão Viagens – joaoleitao.com

Já que falamos na terra tão falada na época do Bin Laden, lá você pode ser preso por se envolver com alguém do mesmo sexo. Mas, se isso serve de consolo, mesmo estando entre os países mais homofóbicos do mundo, pelo menos não tem pena definida. Se é que isso é bom… Bom, pula pro próximo, você não vai mesmo pro Afeganistão, né?

 

14. Guiana

Países mais homofóbicos do mundo: Nova Amsterdã, Guiana - Foto: Guilherme Canever / Saíporaí - saiporai.com

Nova Amsterdã, Guiana – Foto: Guilherme Canever / Saíporaí – saiporai.com

Pra dar uma trégua pro Oriente Médio e África na lista, o único país da América do Sul a prender gente (oficialmente) por ser gay é nosso vizinho de cima. Guiana, vergonha alheia de você, MUITA VERGONHA! Pá! Se não fosse a Guiana, seríamos o 3º continente a ter sinal verde nos mapas dos direitos LGBT, ficando atrás apenas da América do Norte e da Europa (que também tem um tantinho da Rússia, então estaríamos empatados em 2º).

 

15. Malásia

Países mais homofóbicos do mundo: Kuala Lumpur, Malásia - Foto: Oscar Augusto Risch Neto / MauOscar - mauoscar.com

Kuala Lumpur, Malásia – Foto: Oscar Augusto Risch Neto / MauOscar – mauoscar.com

Um dos destinos turísticos exóticos mais conhecidos da Ásia (e que é incrível com aquelas torres gêmeas gigantes) também não te aceita, bi! E vai te prender até você apodrecer ou, se você der sorte, por “apenas” 14 anos. Aproveite com moderação.

 

16. Brunei

Países mais homofóbicos do mundo: Bandar Seri Begawan, Brunei - Foto: Antonio & Ellen / Viagem Afora - viagemafora.blogspot.com.br

Bandar Seri Begawan, Brunei – Foto: Antonio & Ellen / Viagem Afora – viagemafora.blogspot.com.br

Aquele país pequenininho perto de Singapura também está entre os países mais homofóbicos do mundo porque não tolera a gente muito bem não. A pena de morte é incerta. Não é lei, mas vai que, né? Ah! Só que prisão perpétua você pode pegar facinho. E olha que o “sobrenome” do país é Darussalam, que significa “onde reina a paz”. Vai entender!

 

17. Catar (ou Qatar)

Países mais homofóbicos do mundo: Doha, Catar - Foto: Teté Lacerda / Escapismo Genuíno - escapismogenuino.com

Doha, Catar – Foto: Teté Lacerda / Escapismo Genuíno – escapismogenuino.com

A companhia aérea pode ser uma das melhores do mundo, é um destino mais turístico que a maioria dos outros, será sede da Copa do Mundo de 2022, mas visitar o país com seu namorado, bi, é roubada! Assim como em Brunei, você é presenteado com prisão perpétua e pode rolar até pena de morte. O Iraque ainda pode ser considerado uma melhor opção. Ou seja…

 

18. Paquistão

Países mais homofóbicos do mundo: Chitral, Paquistão - Foto: Guilherme Canever / Saíporaí - saiporai.com

Chitral, Paquistão – Foto: Guilherme Canever / Saíporaí – saiporai.com

Também tá nessas de você pode morrer ou ficar preso pro resto da sua vida, mas esse eu já duvidava um pouco que você iria, certo? Os talibans ali da região assustam até os héteros. É consenso também entre os países mais homofóbicos do mundo. Parece ter muito lugar bem interessante pra conhecer, mas eu passo! Próximo!

 

19. Marrocos

Países mais homofóbicos do mundo: Fez, Marrocos - Foto: Dri Lima / Dica da Dri - dicadadri.com

Fez, Marrocos – Foto: Dri Lima / Dica da Dri – dicadadri.com

Pois é, é lindo, legal e arrasante, mas você pode ganhar uma temporada na cadeira até 14 anos só porque se apaixona por homens (ou mulheres, no caso das amapôs). Melhor não arriscar, né?

 

20. Bangladesh

Países mais homofóbicos do mundo: Daca, Bangladesh - Foto: Karen Tanaka / Quatro Cantos do Mundo - quatrocantosdomundo.wordpress.com

Daca, Bangladesh – Foto: Karen Tanaka / Quatro Cantos do Mundo – quatrocantosdomundo.wordpress.com

Bangladesh está entre os países mais homofóbicos do mundo porque a prisão vai de 14 anos pra frente, podendo ter prisão perpétua também, só por amar alguém do mesmo sexo. Não corra o risco. Vai pra Tailândia que é ali do lado e é mais sussa! 😉

 

É, amiguinhos, a vida não tá fácil ainda não.

Infelizmente, muitos países ainda não entendem a homossexualidade como algo natural. Mas nem aqui no Brasil, que temos políticas públicas avançadas como as bolsas de estudos para travestis da cidade de São Paulo, estamos isentos disso. E sabemos disso na pele, né? Imagina as bis que moram nesses lugares?

E a lista da homofobia ainda é extensa! Se liga no resumo:

 

PENALIZAÇÃO

Pena de morte – 5 países e partes da Nigéria e da Somália
Aprisionamento / castigos corporais – 78 países (sim, são 78 países)

 

RECONHECIMENTO

Reconhecimento de união entre pessoas do mesmo sexo – 32 países
Adoção conjunta – 15 países

 

PROTEÇÃO

Leis contra discriminação por orientação sexual – 70 países

Fonte: ILGA (estudos de maio de 2014)

 

E existem muitos países sem legislação específica sobre o tema.
Ufa! Acho que já dá pra você montar um roteirinho de onde não ir, certo? Imprime esse post, cola na sua agenda quando estiver programando seu próximo mochilão pra arrasar e não sair arrasado.

Acho que temos todos que ir morar na Islândia, onde o casamento gay é permitido.
Duro vai ser achar marido por lá. :p

 

Pauta sugerida por Ernesto Lippman e Alexandre Veras.
Quer sugerir uma pauta também? Comente aí o que quer ver aqui no Viaja Bi!.

Compartilhe:
Tags:

Sobre Rafael Leick

Rafael Leick

Publicitário e blogueiro, foi palestrante em seminários internacionais no Peru, a convite dos órgãos de turismo locais, falando sobre planejamento de comunicação e diversidade, com foco na temática LGBT. Morou em Londres e, aos 31 anos, conhece 22 países. Escreve para o Viaja Bi!, Viagem Primata e ExploraSampa. Todos os posts do Rafael.

  • Website
  • Google+
  • Instagram
  • Email

8 Comentários

  • Luane Camille P.
    2016-03-24 11:41

    Olá Rafael,como você esta? Espero que bem.
    Tenho 13 anos e estou a escrever sobre o preconceito que os LGBTs sofrem, quero saber se a lista de países homofobicos ainda é de 78 ou se abaixou, poderia me indicar alguns site ou matéria que fala mais sobre a Homofobia e os direitos dos LGBTs como qualquer outro cidadão?
    Estou escrevendo esse texto desde ontem, quero saber mais sobre isso, se puder me indica alguma coisa agradeço desde já.
    Beijos e abraços.

    • Rafael Leick
      2016-03-28 17:52

      Oi, Luane, tudo bem?
      Valeu pelo comentário e desculpa a demora pra responder.
      Olha só, o ILGA, site que indiquei no post é acho que a melhor fonte pra esse tipo de pesquisa, já que eles compilam dados de homofobia e direitos LGBT no mundo todo. É a principal organização mundial nesse sentido. Espero que tenha ajudado.
      Beijos! 🙂

  • Anna Paula Monsores
    2016-06-17 21:00

    Assustada com essas informações!!! Queria conhecer o mundo todo, porém será apenas parte dele e esse mapa precisa ser divulgada por muita gente. Para não correr o risco de passar por está situação completamente desagradável.

    • Rafael Leick
      2016-06-19 02:08

      Pois é, Anna Paula.
      Infelizmente, isso ainda é uma realidade. A gente adoraria um dia poder simplesmente deletar esse post porque não há mais países homofóbicos, mas isso, infelizmente, ainda vai demorar pra acontecer. 🙁

  • Danilo Amaro
    2016-06-30 13:40

    Já Sei Para Onde Mandar Meus Inimigos. #Alouka. Enfim… É Triste Saber Desses Paises. Mas o Bom Q Existe Uma Quantidade Quase Igual De Paises Q São GayFriends e Com As Lutas Q Fazemos Ao Longo Dos Anos Esse Numero Só Vai Aumentando.

    • Rafael Leick
      2016-06-30 14:07

      Oi, Danilo rs
      Pra esses não queria mandar nem os inimigos. 😛
      O número de países tolerantes, ainda bem, vem aumentando. Vamos torcer por um futuro mais tolerante e inclusivo. 🙂

  • Alcemar
    2016-09-08 17:32

    Cheguei da Rússia há uma semana. Realmente é linda. Quanto à posição do governo parece não incomodar muito a galera… Os aplicativos de busca de parceiros fervem. Pelo menos em Moscou. Os russos são fechados, talvez por conta do regime comunista que ainda assombra as novas gerações. Mas há saunas, clubes e bares gays. Um artista popular é visivelmente gay… Sergey Lazarev.

    • Rafael Leick
      2016-09-09 03:12

      Poxa, que bom que gostou de lá. Linda não tenho dúvidas que deve ser e, que rola, claro tudo por baixo dos panos, mas a situação não é mesmo das mais favoráveis. E que lindo esse moço, hein? 😮
      Se postar fotos de lá no Instagram, marca com a hashtag #viajabi pra eu ver e de repente repostar, belê? Valeu pelo comentário. bjs

Comentar

Ut tellus dolor, dapibus eget, elementum vel, cursus eleifend, elit. Aenean auctor wisi et urna. Aliquam erat volutpat. Duis ac turpis. Integer rutrum ante eu lacus. Required fields are marked*