5 de outubro de 2016

Tour gay Piers & Queers mostra a história LGBT de Brighton, no sul da Inglaterra

Brighton é uma cidade litorânea, no sul da Inglaterra, a cerca de 1h30 de Londres e é super gay! Tanto que lá tem o tour gay Piers & Queers, um walking tour de 90min pela cidade, mostrando seus pontos mais gays, ou quase isso.

Brighton Pier, o principal ponto turístico da cidade - Tour gay Piers & Queers

Brighton Pier, o principal ponto turístico da cidade – Tour gay Piers & Queers

O roteiro passa por pontos importantes da história da cidade, que é mesclada com a história LGBT da Inglaterra em alguns momentos e, apesar de ter sido feito na época da Brighton Pride (Parada LGBT de Brighton), o tour gay Piers & Queers pode ser feito o ano todo.

No vídeo abaixo, o Rodrigo, do canal Rdoriog, que estava representando o Viaja Bi! e o Viagem Primata na campanha Love is GREAT (entenda aqui), gravou o passeio e me contou toda essa história pra contar pra vocês aqui, logo depois do vídeo! 🙂

 

Como é o tour gay Piers & Queers

O ponto de encontro para o início do passeio é o Brighton Pier, o ponto turístico mais conhecido da cidade. A partir dali, o grupo percorre, acompanhado de um guia entendido 😛 vários pontos interessantes da cidade.

Um deles é o Royal Pavillion, um palácio com arquitetura indiana por fora e um estilo chinês por dentro. No caminho, dá pra ver o Brighton Dome, o maior e mais antigo pavilhão da Inglaterra, que foi construído para ser um estábulo, e o Sea Life de Brighton, que é o aquário em atividade mais antigo do mundo!

O tour gay Piers & Queers passa pela praça New Stein, onde aconteceu a primeira Parada Trans europeia e onde fica o AIDS Memo, uma estátua/memorial inaugurada em 2009, em homenagem aos que morreram por conta do surto de AIDS. Também passa pelo Marlborough Pub & Theatre, um antigo bar para ricos e aristocratas que hoje tem uma alta frequência de lésbicas.

O tour gay Piers & Queers passa pelo Brighton Royal Pavillion

O tour gay Piers & Queers passa pelo Brighton Royal Pavillion

Por falar em pub, uma região cheia de pubs floridos também é visitada. As flores são trocadas durante o ano, então não importa em que estação você vá visitar, vai ter florzinha por lá não só bebendo, mas também na decoração! 😛

Brighton começou a se tornar mais turística depois da linha de trem se tornar pública, em 1841, e o entretenimento teve um grande crescimento. O tour gay Piers & Queers passa na frente de um dos palcos famosos da época, o Hippodrome Theatre, onde, inclusive, os Beatles já tocaram, mas que foi desativado em 2008, está abandonado e corre perigo de desabar. 🙁

O tour termina no Town Hall, mas nessa experiência, o guia deixou o grupo no hotel, então acho que dá pra combinar tudo certinho antes!

Não faz parte do tour, mas andando pela cidade, também dá pra ver a Brighton British Airways i360, a torre móvel de observação mais alta do mundo, que foi inaugurada poucos dias antes de visitarmos a cidade. Veja como ela funciona, que legal!

Pra fazer o tour, busque pelo guia Ric Morris, que tem uma insígnia azul e é membro do Institute of Tourist Guiding e do British Guild of Tourist Guides, que garantem qualidade ao passeio. Veja mais informações aqui e aqui, que são os links oficiais do tour gay Piers & Queers.

🌈Reserve seu hotel em Brighton

O tour gay Piers & Queers passa pelos pubs floridos de Brighton

O tour gay Piers & Queers passa pelos pubs floridos de Brighton

 

História LGBT de Brighton

Alguns fatos interessantes sobre a história LGBT de Brighton:

– Oscar Wilde ia muito à cidade com seu namorado, o lorde Alfred. Em seus escritos, ele falava sobre os “uranianos”, em referência secreta aos homossexuais;

– Oscar e Alfred ficavam muito hospedados no Royal Albion Hotel, que fica à beira-mar e próximo da estação de trem e, por isso, teve grande importância para a popularização de Brighton como destino turístico;

– A banda ABBA ganhou um Festival Eurovision lá, cantando no Brighton Dome, e isso ajudou na fama LGBT da cidade;

– Foi na praça New Steine que aconteceu a 1ª Trans Pride da Europa;

– Por volta de 1700, 1800, uma lésbica chamada Anne escrevia sobre seus romances, mas escrevia em código, e esse é o documento mais antigo da Inglaterra com registro lésbico #girlpower;

Marlborough Pub & Theatre é uma das paradas do tour gay Piers & Queers, um pub pras lésbicas

Marlborough Pub & Theatre é uma das paradas do tour gay Piers & Queers, um pub pras lésbicas

– É possível que o primeiro “casamento gay”, ou lésbico, na verdade, tenha ocorrido em 1923, quando uma mulher se disfarçou de homem, conhecido como Colonel Sir Victor Barker, e casou com a esposa, mantendo o disfarce por um bom tempo até ser descoberta, perseguida e presa e sua mulher, pra não ser presa também, disse que não sabia que seu marido era na verdade uma mulher; 😮

– Em 2005, foi registrada no Town Hall, a primeira união civil homossexual da Inglaterra;

– Em 2012, 11% dos casamentos registrados em Brighton foram homossexuais;

– Hoje em dia, a cidade inteira se veste nas cores do arco-íris para celebrar a maior Parada do Reino Unido, incluindo lojas de roupa, restaurantes fast-food e supermercados.

O tour gay Piers & Queers passa pelas lojas todas coloridas para a Brighton Pride

O tour gay Piers & Queers passa pelas lojas todas coloridas para a Brighton Pride

 

O Viaja Bi! e o Viagem Primata viajaram a convite do Visit Britain, como parte da campanha Love is GREAT.

 

>> Acompanhe o Viaja Bi!: Instagram, YouTube, Snap (👻rafaleick 👻viajabi), Facebook e Twitter.

Tem alguma outra dicas sobre Brighton ou o tour gay Piers & Queers? Deixe nos comentários pra ajudar outros viajantes!

Hospedagem | Seguro Viagem | Câmbio | Aluguel de carro

Compartilhe:
Tags:

Sobre Rafael Leick

Rafael Leick

Publicitário e blogueiro, foi palestrante em seminários internacionais no Peru, a convite dos órgãos de turismo locais, falando sobre planejamento de comunicação e diversidade, com foco na temática LGBT. Morou em Londres e, aos 31 anos, conhece 22 países. Escreve para o Viaja Bi!, Viagem Primata e ExploraSampa. Todos os posts do Rafael.

  • Website
  • Google+
  • Instagram
  • Email

Comentar

Ut tellus dolor, dapibus eget, elementum vel, cursus eleifend, elit. Aenean auctor wisi et urna. Aliquam erat volutpat. Duis ac turpis. Integer rutrum ante eu lacus. Required fields are marked*