4 de julho de 2016

Como foi a Dublin Pride 2016, a Parada Gay de Dublin

Não é novidade que junho é o Mês do Orgulho em vários cantos do mundo e lá na Irlanda rolou a Parada Gay de Dublin no finalzinho do mês.

E eu convidei o Paulinho Basile, meu amigo, que mora lá e é autor do blog Da Mooca Para o Mundo, vir aqui pra contar pra vocês como foi a Dublin Pride 2016, com é conhecida por lá.

Paulinho, se apronchegue e arrasa, bi! 😉

Selfie do Paulinho na Parada

Selfie do Paulinho na Parada

 

Parada Gay de Dublin, na Irlanda, por Paulinho Basile

No sábado, dia 25 de junho de 2016, aconteceu a Parada Gay de Dublin, capital da Irlanda e onde eu moro. O evento é um dos mais importantes do ano para a cidade, onde a cena LGBT é extremamente forte.

Neste ano comemorou-se 1 ano da aprovação do casamento gay que aconteceu em 2015, sendo a Irlanda o primeiro país do mundo a aprovar tal mudança via voto popular.

Parada Gay em Dublin - Foto: Paulinho Basile

Parada Gay em Dublin – Foto: Paulinho Basile

O referendo realizado em maio do ano passado aprovou por 62% da população uma conquista histórica, ainda mais se tratando de um país extremamente católico.

A Parada Gay de Dublin percorre importantes partes da cidade, como a O’Connell Street e as margens do Rio Liffey. Até mesmo o Google Maps se pintou de colorido neste dia para mostrar todo o percurso da Parada!

Google Maps fica colorido para a Parada Gay de Dublin 2016

Google Maps fica colorido para a Parada Gay de Dublin 2016

O desfile contou com a participação de empresas poderosíssimas que apoiam a causa LGBT, como Facebook, Ebay, Microsoft e Dell (que não tem medo de envolver seu nome com a causa; já no Brasil…), além dos mais variados grupos ligados a diversas causas específicas, como o movimento trans, o de professores e alunos, de jogadores de rugby (o esporte número 1 irlandês) e até movimentos bem, digamos, peculiares, como Veganos LGBT e Assexuais.

Cada grupo luta por sua representatividade e isso é incrível!

Os assexuais existem - Foto: Paulinho Basile

Os assexuais existem – Foto: Paulinho Basile

Só os cachorrões! =P - Foto: Paulinho Basile

Só os cachorrões! =P – Foto: Paulinho Basile

O ponto final da Parada Gay de Dublin foi no parque Merrion Square, onde rolou uma espécie de Vila LGBT, com shows, discursos, apresentações, tendas de música e de comida e muita gente bonita.

Como é proibido consumir bebida alcoolica em lugares públicos por aqui, o clima é sempre bem tranquilo, muitas famílias, muita gente bonita, nada de pegação e bêbados como em muitas paradas que já fui no Brasil!

A pegada é bem mais de celebração e de protestos, sempre com uma mensagem por trás de todos os balões coloridos. Em diversos momentos me emocionei com a atmosfera da Parada.

A Parada Gay de Dublin continuou margeando o rio - Foto: Paulinho Basile

A Parada Gay de Dublin continuou margeando o rio – Foto: Paulinho Basile

A Vila Gay no parque - Foto: Paulinho Basile

A Vila Gay no parque – Foto: Paulinho Basile

No final do dia, praticamente todas as baladas da cidade voltadas para o público LGBT, como The George, Pantibar, Phromo e Mother estavam lotadas com festas especiais (e filas quilométricas!). Foi um fim de semana realmente mágico e colorido na Ilha Esmeralda!

 

SOBRE O AUTOR CONVIDADO
Paulinho Basile - Da Mooca Para o MundoPaulinho Basile
Jornalista, trabalha com conteúdo digital, e adora viajar, conhecer novos países, novas culturas e fazer amizade entre uma cerveja e outra. Tem paixão por transformar suas experiências de vida em histórias para serem compartilhadas e todos poderem conhecê-las. Mora em Dublin, na Irlanda desde 2015 e escreve o blog Da Mooca Para o Mundo. Acompanhe no Facebook e YouTube.

 

Paulinho, brigadão por vir contar pra gente como foi a Parada Gay de Dublin, essa cidade tão linda e tão respeitosa!

E bi, se você quiser mais informações sobre Dublin, sobre a Irlanda ou sobre um montão de coisa da Europa, acesse o Da Mooca Para o Mundo, o blog do Paulinho. 😉

 

>> Acompanhe o Viaja Bi!: Instagram, YouTube, Snap (👻rafaleick 👻viajabi), Facebook e Twitter.

Hospedagem | Seguro Viagem | Câmbio | Aluguel de carro

Compartilhe:
Tags:

Sobre Rafael Leick

Rafael Leick

Publicitário e blogueiro, foi palestrante em seminários internacionais no Peru, a convite dos órgãos de turismo locais, falando sobre planejamento de comunicação e diversidade, com foco na temática LGBT. Morou em Londres e, aos 31 anos, conhece 23 países. Escreve para o Viaja Bi!, Viagem Primata e ExploraSampa. Todos os posts do Rafael.

  • Website
  • Google+
  • Pinterest
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Email

1 Comentários

Comentar

Use a caixa de comentários para tirar dúvidas, assim você ajuda outros viajantes a lacrar pelo mundo. Sugestões, críticas construtivas e elogios também são bem-vindos. Os campos marcados são obrigatórios.*